fbpx

O Blog

caixa

São Paulo — Apesar de a Caixa Econômica Federal ter anunciado corte de até 1,0 ponto porcentual nos juros dos financiamentos imobiliários com recursos da poupança (SBPE) no período da manhã desta terça-feira, 8, não foi mais agressiva que os bancos privados, que já tinham feito tal movimento.

Com a ofensiva do banco público, porém, as instituições ficam mais alinhadas, com o título de menor juro no segmento nas mãos do Bradesco, seguido pelo Itaú Unibanco.

Nesta terça, a Caixa anunciou que o juro mínimo cobrado no crédito imobiliário com recursos da poupança passará de 8,50% mais Taxa Referencial (TR) para 7,50% mais TR.

No Bradesco, a taxa mínima passou de 8,20% ao ano mais TR para 7,30% ao ano mais TR.

São Paulo — Apesar de a Caixa Econômica Federal ter anunciado corte de até 1,0 ponto porcentual nos juros dos financiamentos imobiliários com recursos da poupança (SBPE) no período da manhã desta terça-feira, 8, não foi mais agressiva que os bancos privados, que já tinham feito tal movimento.

Com a ofensiva do banco público, porém, as instituições ficam mais alinhadas, com o título de menor juro no segmento nas mãos do Bradesco, seguido pelo Itaú Unibanco.

Nesta terça, a Caixa anunciou que o juro mínimo cobrado no crédito imobiliário com recursos da poupança passará de 8,50% mais Taxa Referencial (TR) para 7,50% mais TR.

No Bradesco, a taxa mínima passou de 8,20% ao ano mais TR para 7,30% ao ano mais TR.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Comparar configurações

Comparar (0)
Open chat
Fale comigo!